Blog

Cientistas ingleses desenvolvem substância que pode tornar restaurações obsoletas

Cientistas britânicos afirmam ter desenvolvido uma substância que pode tornar as restaurações obsoletas, conforme matéria da BBC publicada esta semana.

De acordo com os cientistas da universidade inglesa King’s College, em testes feitos com ratos, a substância, que recebeu o nome de Tideglusib, estimulou células da polpa dental a taparem pequenas cavidades nos dentes das cobaias.

A técnica consistiu em inserir uma esponja biodegradável embebida na substância dentro da cárie, e cobri-la com uma camada protetora. Os cientistas afirmam que o efeito reparador foi “completo e natural”.

A capacidade de regeneração dos dentes é limitada, por isso a necessidade de restaurações quando há uma cárie maior. No entanto, muitas vezes as restaurações precisam ser refeitas com o passar dos anos.

O objetivo dos pesquisadores da King’s College foi ampliar a capacidade de regeneração natural dos dentes. Segundo eles, a nova substância aumentou a atividade de células-tronco na polpa dental dos ratos; com ela, os cientistas conseguiram fazer reparos em cavidades de 0,13mm nos dentes das cobaias.

“A esponja é biodegradável, isso é a chave”, disse Paul Sharpe, um dos cientistas envolvidos no projeto, à BBC. “O espaço ocupado pela esponja fica cheio de minerais enquanto a dentina regenera. Então, você não tem nada ali que possa falhar no futuro.”

O estudo também conta com um toque brasileiro: o paulista Vitor Neves, bolsista do Programa Ciência Sem Fronteiras, participou da pesquisa. Ele destacou ao programa Bom Dia Brasil, da TV Globo, que a nova técnica é uma das primeiras, senão a primeira, a não utilizar materiais sintéticos para a restauração do dente, e pode abrir portas para pesquisas relativas a outros tecidos.

Pesquisas em medicina regenerativa, que se concentram em estimular células a se dividirem rapidamente para reparar danos, são controversas devido a temores que esse método possa aumentar o risco de câncer no paciente.

De acordo com a BBC, a Tideglusib altera uma série de sinais químicos nas células, o Wnt, o que já foi ligado à ocorrência de alguns tumores. Os cientistas da King’s College, no entanto, afirmam que a substância já foi usada em testes em humanos em pesquisas sobre demência, em concentrações maiores do que as usadas para reparação dental.

A King’s College tem outras pesquisas sobre reparações dentais. Um grupo de cientistas da universidade está estudando o uso de eletricidade para reconstituir o esmalte com minerais.

VOLTAR
+

Perguntas Frequentes

1) O tratamento ortodôntico é dolorido?

No início, principalmente na colocação do aparelho, causa sensibilidade. Após essa fase, existirá algum desconforto para o paciente, cerca de 24 a 48 horas após as ativações praticadas pelo ortodontista.

2) Por que os dentes escurecem?

Os dentes escurecem devido a vários fatores, podendo ser por necrose (morte) da polpa, ação de produtos utilizados no tratamento de canal ou também pela pigmentação de alimentos ingeridos (café, refrigerante, chá e vinho).

3) O que são Implantes dentais?

São componentes feitos de titânio, semelhantes a parafusos, que são fixados no osso para repor um ou mais dentes. O implante repõe a raiz do dente perdido, e sobre o implante é instalada a prótese, que repõe a coroa do dente.

4) Por que é importante usar o fio dental?

O fio dental é capaz de remover resíduos de alimentos e placa bacteriana entre os dentes, onde as cerdas da escova não conseguem alcançar e eliminar.

5) É normal que as gengivas sangrem?

Não. O sangramento durante o uso do fio dental pode acontecer porque a gengiva está inflamada. Neste caso, o uso do fio dental não deve ser interrompido, pelo contrário, a utilização diária melhorará a inflamação. Outro fato que pode estar ocorrendo é a utilização incorreta do fio dental ou da escova, que pode estar machucando a gengiva.

6) Como é feito o Clareamento dos dentes?

O clareamento é feito por substâncias que liberam radicais livres (géis e/ou pastas oxidantes) e que, através de reações químicas, promovem ação clareadora. Essas substâncias podem ser de uso profissional (aplicadas no consultório), caseiro (realizado pelo paciente em casa) ou pode ainda ser usada uma associação entre essas 02 técnicas.

7) O que são Facetas / Lentes de Contato em porcelana?

De acordo com a Academia Americana da Odontologia Cosmética (AACD), uma faceta é uma "peça fina de porcelana usada para recriar a aparência natural dos dentes, ao mesmo tempo em que fornece força e elasticidade comparável ao esmalte do dente natural". Elas são moldadas para acompanhar o contorno dos dentes e coladas ao esmalte natural durante vários procedimentos de consultório.

+

Agende uma Avaliação

+