Blog

Saúde Bucal na Gravidez

Saúde Bucal na Gravidez

Durante a gestação, uma revisão na saúde bucal é fundamental. A cárie nada mais é do que uma doença infecciosa e que pode evoluir para um canal. Por isso, é tão importante que a mulher faça um check-up antes de engravidar. Caso a revisão não seja feita, a recomendação é evitar tratamentos odontológicos no primeiro e terceiro trimestre.

De acordo com o dentista Danillo Ferreira, durante a gravidez há uma série de alterações hormonais que deixam o organismo suscetível a inflamação. "A alteração hormonal faz com que o fluxo sanguíneo aumente em todo o corpo, inclusive na gengiva." Por isso, algumas mulheres relatam sangramento gengival. A situação se agrava na falta de uma higienização adequada.

O dentista alerta que é imprescindível que a mulher avise ao dentista que está grávida, porque "alguns tipos de anestesia podem causar contrações de parto". O profissional afirma que não há notícia de que o clareamento dental possa fazer mal a gestante ou ao bebê, "mas como não há evidencias, é melhor esperar". Outra forte característica no período gestacional são as náuseas que chegam acompanhadas de vômitos. O ácido do estômago, se deixado na boca, pode desmineralizar os dentes. A boca seca na gravidez também contribui para cáries e infecções.

Segundo Danillo, uma dúvida frequente das grávidas é se elas podem ou não fazer exames em aparelhos de raio-x. A resposta é não, por causa da radioatividade do aparelho que pode gerar problemas na formação do feto. De modo geral, é importante que a mulher tenha hábitos saudáveis de higiene bucal e uma boa alimentação, uma vez que a saúde da mãe tem relação com a do filho. "O açúcar adicional deve ser evitado, dando preferência ao doce natural dos alimentos."

Fonte: Revista Ludovica, Goiânia, Edição n° 28, página 86, Julho, 2017.

VOLTAR
+

Perguntas Frequentes

1) O tratamento ortodôntico é dolorido?

No início, principalmente na colocação do aparelho, causa sensibilidade. Após essa fase, existirá algum desconforto para o paciente, cerca de 24 a 48 horas após as ativações praticadas pelo ortodontista.

2) Por que os dentes escurecem?

Os dentes escurecem devido a vários fatores, podendo ser por necrose (morte) da polpa, ação de produtos utilizados no tratamento de canal ou também pela pigmentação de alimentos ingeridos (café, refrigerante, chá e vinho).

3) O que são Implantes dentais?

São componentes feitos de titânio, semelhantes a parafusos, que são fixados no osso para repor um ou mais dentes. O implante repõe a raiz do dente perdido, e sobre o implante é instalada a prótese, que repõe a coroa do dente.

4) Por que é importante usar o fio dental?

O fio dental é capaz de remover resíduos de alimentos e placa bacteriana entre os dentes, onde as cerdas da escova não conseguem alcançar e eliminar.

5) É normal que as gengivas sangrem?

Não. O sangramento durante o uso do fio dental pode acontecer porque a gengiva está inflamada. Neste caso, o uso do fio dental não deve ser interrompido, pelo contrário, a utilização diária melhorará a inflamação. Outro fato que pode estar ocorrendo é a utilização incorreta do fio dental ou da escova, que pode estar machucando a gengiva.

6) Como é feito o Clareamento dos dentes?

O clareamento é feito por substâncias que liberam radicais livres (géis e/ou pastas oxidantes) e que, através de reações químicas, promovem ação clareadora. Essas substâncias podem ser de uso profissional (aplicadas no consultório), caseiro (realizado pelo paciente em casa) ou pode ainda ser usada uma associação entre essas 02 técnicas.

7) O que são Facetas / Lentes de Contato em porcelana?

De acordo com a Academia Americana da Odontologia Cosmética (AACD), uma faceta é uma "peça fina de porcelana usada para recriar a aparência natural dos dentes, ao mesmo tempo em que fornece força e elasticidade comparável ao esmalte do dente natural". Elas são moldadas para acompanhar o contorno dos dentes e coladas ao esmalte natural durante vários procedimentos de consultório.

+

Agende uma Avaliação

+