O Hoje

Por O Hoje


Clareamentos supervisionados são simples e eficientes

Especialista aponta vantagens dos procedimentos e explica que duração depende dos hábitos dos pacientes.


Danillo Ferreira

Para alguns pacientes, as tradicionais formas de clareamento, caseiro e de consultório são uma excelente alternativa para obter dentes brancos e um sorriso lindo – o sonho de muita gente. Independentemente da técnica indicada, o importante, nestes casos, é contar com a supervisão de um profissional. O alerta é do cirurgião-dentista Danillo Ferreira, especialista em Estética e Dentística Restauradora. Além de explicar como funcionam as técnicas mais comuns, Danillo destaca suas vantagens. “Quem almeja uma tonalidade mais natural pode apostar no clareamento dental supervisionado que, sendo uma técnica simples e de custo mais baixo do que outros procedimentos, como as lentes de contato dental, tem uma excelente eficiência”, informa.

Isto porque, antes da escolha do tratamento clareador, o profissional faz a análise do paciente, avaliando, entre outros detalhes, o grau de sensibilidade. “É comum, durante a utilização de gel clareadores, o aumento desensações de desconforto e até dor levemente incômoda de curta duração. Esses sintomasdesaparecem assim que o tratamento é finalizado”, lembra o cirurgião-dentista.

E, diferentemente do que algumas pessoas imaginam, nenhum dos procedimentos de clareamento desgasta o esmalte ou enfraquece os dentes, mas o paciente não pode fazer clareamento o ano inteiro, pois há risco de comprometer a estrutura. “O dente tem um limite de cor, a partir daí fica ineficiente”, orienta o especialista. A duração do clareamento vai depender dos hábitos do paciente, que é instruído a controlar a ingestão de alguns tipos de alimentos para melhor eficiência e maior durabilidade. 

Café, chá, refrigerantes, vinho e outros alimentos com corantes, tratamentos ortodônticos, medicamentos e alterações na estrutura dentária são as principais causas do escurecimento; já uma boa escovação, o uso de fio dental, de enxaguantes e a visita regular ao dentista ajudam a prolongar o resultado. Nenhum tipo de clareamento tem efeito em resina, coroa, porcelana ou qualquer tipo de restauração direta ou indireta, mas os dentes naturais se mantêm claros por, em média, dois anos.

Após esse período, o dente vai diminuindo o branco, principalmente dependendo dos hábitos do paciente, porém não voltará à sua cor inicial. O clareamento é indicado para pessoas que já tenham a formação completa dos dentes, ou seja, por volta dos 16 anos. Gestantes e lactante têm contraindicação.

 

Técnicas mais tradicionais

O clareamento caseiro (ou autoaplicação) é um dos mais comuns e procurados por causa da praticidade. Inicialmente, é confeccionada no consultório uma moldeira personalizada. Nela, é colocado o gel clareador, dente por dente, por cerca de uma a duas horas diariamente, durante algumas semanas. 

O clareamento de consultório, erroneamente chamado de ‘clareamento a laser’, é a aplicação da técnica sob supervisão constante do cirurgião-dentista. Nela, o paciente vai ao consultório, onde é aplicado o produto, sem que haja contato deste com os lábios, a língua e a gengiva. Nesta técnica, aconcentração do gel clareador é maior do que no procedimento de autoaplicação.

O clareamento com técnica combinadapermite intercalar sessões em casa e no consultório. Consiste na alternância da moldeira, em casa, e na visita ao consultório para aplicação do produto. Destina-se, geralmente, a quem quer um resultado mais rápido e duradouro. 

Há ainda a microabrasão do esmalte. É a técnica de clareamento indicada para remover as manchas ou irregularidades na superfície do esmalte dental provocadas por fluorose dentária, hipocalcificações, hipoplasias e lesões cariosas inativas com profundidade superficial e média. O procedimento consiste na associação das ações erosiva de ácidos e abrasiva de algumas substâncias por meio de esfregaços. A microabrasão pode ser realizada sozinha ou finalizada com clareamento dental e/ou restaurações em resina composta ou com porcelanas.

 

Sobre Danillo Ferreira

Além de graduado em Odontologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Danilo é especializado em Dentística com ênfase em aumento de Coroa Clínica. Outras áreas de atuação e certificação são Estética, Periodontia, Prótese e Fotografia Odontológica. É membro da Associação Brasileira de Odontologia, da Academia Brasileira de Odontologia Estética e do Grupo Qualidade em Saúde.

Fonte: http://ohoje.com/noticia/cultura/n/131945/t/clareamentos-supervisionados-sao-simples-e-eficientes

O Hoje

Por O Hoje


Voltar